Entre linhas 

O dia dela sempre começa tão ensolarado e acaba tão nublado.
Existem dias bons, mas a maioria deles, ela pensa” o que eu sou?” “Porque eu tenho tantos defeitos?” ” Porque logo eu? ” “As coisas não podiam ser só um pouquinho mais fáceis pra mim? ”

Cada dia a culpa de ser ela mesma é maior, ela só queria poder sair correndo dali ,ir pra um lugar em que nada nem ninguém fosse fazê-la sofrer. Nunca mais.

Às vezes ela é apenas uma caixa vazia, daquelas que ficam bem escondidas no quarto? Ela só queria não ser ela… 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s